Sim, educação é um negócio.

 chaplin_01
Sim, você é professor. Você leciona. Seu trabalho é ensinar. Mas você sabe qual é o seu negócio? Percebe qual a máquina da qual você é uma engrenagem. Ou você está igual ao personagem do Chaplin que só faz apertar parafusos?

 Educação é o seu negócio.

Você até pode achar que educação não é um negócio. Porém se colocar no Google “negócio educação” vai aparecer milhares de entradas. Preste atenção, não estou defendendo aqui a mercantilização do ensino. A ideia é perceber que você não está sozinho em sua sala de aula. Existe todo um cenário à sua volta, no qual você não é o único ator.

E qual sua posição neste negócio?

Temos as instituições de ensino, as escolas físicas, do ensino fundamental ao superior. Temos os diversos fornecedores de serviços e produtos educacionais: de merenda, de livro didático, de softwares, de uniformes, de material educativo. Atualmente, com a internet, temos os cursos online, os apps para smartphones e os chamados joguinhos educativos.
Quando você entra em sua sala de aula, em qualquer lugar do mundo, você faz parte desta imensa máquina. Certamente é impossível para mim e para você mudar o sistema da nossa posição de jogo. No entanto, não podemos nos satisfazer em apenas apertar parafusos.

Posicione-se neste negócio da educação

É importante entender qual é a deste negócio chamado educação. Sem este conhecimento nossas práticas perdem efetividade. Sem efetividade, sem algum sucesso, o trabalho deixa de ter sentido.